Alguns (nem tão) bons motivos de não realizarmos nossas metas de ano novo

Metas e objetivos de fim de ano é um ritual em nossas vidas, não é mesmo? Dezembro vai chegando, as festas se aproximam e começamos a pensar como vai ser nosso próximo ano, o que queremos fazer, o que queremos que seja diferente e tantas coisas. No meio de tantos pensamentos e desejos para o ano novo, sempre vi pessoas dizendo que dessa vez iriam realizar o que não conseguiram no ano anterior. Aí eu me pergunto: por que não foi realizado?

 

O glamour do começo do ano

A verdade é que, ao menos aqui no Brasil, nós estamos no glamour do começo do ano – onde tudo é mágico, revigorante e cheio de energia – até o Carnaval. Por mais que você não goste de Carnaval, sabe que o nosso País só começa a realmente andar após essa data.

Até lá, vivemos o tal do glamour do começo de ano e realmente nos empolgamos com nossos novos objetivos. Compramos agendas, planners e canetas, planejamos, fazemos planilhas, listamos e sonhamos. Aí vem o Carnaval com a sua chuva de realidade, trazendo a correria do dia a dia, a pressa de sempre e a urgência do mundo todo que acabou de perder dois meses.

Se você quer suas metas concluídas ou muito próximo disso em dezembro, comece seu ano com glamour, sim, mas não perca ele após o Carnaval e durante o ano. Se motive com cada conquista, se alegre com cada descoberta, mantenha seus objetivos vivos e se mantenha ativo neles.

 

Esquecemos das metas no dia a dia

Manter seus objetivos e metas vivos é, sem dúvidas, a parte mais difícil. Quando a meta é grande e muito clara, podemos lembrar sem dúvidas. Mas as menores ou hábitos que queremos enraizar acabam sendo deixadas de lado conforme os dias passam.

Uma semana passa muito rápido. Pra quem tem rotina, consegue fluir bem e ver como vai num piscar de olhos, pra quem não tem e vive no caos sabe que piscou e acabou a semana. Então sim, ela passa rápido para todos nós. São apenas 7 dias. Se você não olhar suas metas todos esses sete dias, você vai acabar sendo varrido pelo tempo e suas metas estarão sempre pendentes.

Deixe suas metas a vista. Coloque num quadro, num mural, na agenda de todo dia, no wallpaper do desktop, na primeira página ao abrir o seu navegador. Seja criativo e dê um jeito de estar em contato com suas metas todos os dias.

 

Somos mutavelmente vivos, ainda bem!

Se você não muda nunca em nada, desculpa, mas você deve ser uma pessoa muito chata. :P Todos nós mudamos, nem que for um pouquinho aqui e ali. Estamos sempre em evolução e mudanças. A gente muda o paladar, muda preferências de cafeterias, o estilo de roupa e acessórios, os seriados que assistimos, os livros que lemos e etc.

E como nós mudamos, algumas metas podem perder sentido no meio do caminho. Sua meta poderia ser ir ao pilates 3 vezes na semana, mas ali em maio você descobriu que crossfit e yoga fazem muito mais sentido pro seu atual momento. Quando chegar no fim do ano, você não vai ter feito o pilates; mas, poxa, não foi por falta de foco e sim porque mudou o seu objetivo. Se no fundo sua meta era se manter fazendo exercícios, você conseguiu de outra maneira, não é mesmo?

Também pode acontecer de ter uma meta como em uma multinacional da sua área, mas em setembro você abriu mão de tudo para ter seu próprio negócio. Então veja que não é que não cumpriu uma meta, mas você e a situação mudaram e ela já não cabia mais na sua vida.

 

Mantendo as metas vivas em você

FutureMe.org é uma aplicação bem interessante que pode nos ajudar na manutenção das nossas metas e, consequentemente, manter elas vivas. É um site onde você pode programar emails para o seu futuro (Doctor Who, é você meu fio? :P). Você vai lá no FutureMe, escreve um email com as suas metas, o porquê elas são importantes pra você e como quer chegar lá. Envie para uns 4 meses (ou menos) pra frente, que tal?

Quando receber o email, veja o que foi feito, o que não foi e quais os próximos passos para concluir. Veja também o que não te interessa mais e descarte. Considere também as novas metas que gostaria de realizar. E não esqueça de criar um novo email após a manutenção das suas metas, aí você já garante que em alguns meses receberá outro email te lembrando para analisar tudo de novo.

 

Combine tudo isso aí com um jeitinho de realmente fazer suas metas andarem. Eu tenho 6 dicas para você chegar lá e você ainda pode adaptar ao seu próprio caminho e fazer um novo totalmente diferente. O importante, mesmo, é que você consiga realizar tudo o que quer e o mais próximo possível do prazo que gostaria.

Uma das minhas metas para 2017 é ler 36 livros – mais ou menos 3 por mês, já que às vezes acontece de ler mais em um mês e menos no outro. E suas metas, quais são? Me conta umazinha aí nos comentários!

 

Crédito é bom e todo mundo gosta: elemento utilizado na imagem destaque é autoria de Maxim Basinski e publicado pelo Flaticon. :)